segunda-feira, 10 de junho de 2013

Comitiva do Sindas/RN reforçará delegação da Conacs em audiência com Dilma Rousseff

                       Encontro ocorrerá no Palácio do Planalto, em Brasília
          Encontro ocorrerá no Palácio do Planalto, em Brasília
NATAL/VALE DO AÇU - Uma representação de 10 pessoas ligadas ao Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias do Estado do Rio Grande do Norte (Sindas/RN) tem viagem programada para o dia 15 deste mês, à capital do país.
A informação foi prestada pelo vice-presidente da referida organização sindical, Francisco Canindé Querino. O dirigente sindical potiguar declarou que, em Brasília, a comitiva potiguar se reunirá a outras delegações sindicais do restante do Brasil.
O vice-presidente do sindicato no Estado informou que os representantes sindicais têm agendada audiência no Palácio do Planalto com a presidenta Dilma Rousseff. O encontro foi agendado pela diretoria da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias (Conacs).
Encontro discutirá regulamentação de emenda
Conforme relato do sindicalista Canindé Querino, o contato com a presidenta Dilma Rousseff envolve a abordagem de um importante tema.
Trata-se da proposta efetiva de regulamentação da Emenda nº 63 que trata da criação do piso salarial e das diretrizes do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias de todo o território nacional.
"Vamos pedir [à presidenta Dilma] que atenda essa reivindicação da categoria", frisou.

DISCUSSÃO


O contato com a presidenta da República está definido para o dia 18 deste mês. Nessa mesma data, destacou Canindé Querino, está prevista a realização de audiência pública da Conacs para deliberar os encaminhamentos decorrentes do diálogo que existirá com Dilma.
O evento acontecerá a partir de 9h na sede da entidade, em Brasília, conforme o Edital de Convocação nº 009/ 2013, assinado pela presidenta da Conacs, Ruth Brilhante de Souza.


Fonte; Jornal o Mossoroense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade