segunda-feira, 10 de junho de 2013

INDACS-AL ENTREGA RELATÓRIO DA EFETIVAÇÃO A COMISSÃO DE SAÚDE DA CÂMARA



O secretário de Saúde de Maceió, João Marcelo Lyra, apresentou o balanço da sua pasta no 1º quadriênio da sua gestão, em audiência pública realizada na Câmara de Vereadores nesta segunda-feira (10).Na oportunidade, Lyra anunciou a construção de 12 novas unidades de saúde para a capital alagoana. De acordo com o secretário, até setembro deste ano, a prefeitura viabilizará os terrenos para o início das obras das novas unidades médicas. O secretário ainda ressaltou a necessidade de investimentos na atenção básica. Sem isto, ele destaca que não adianta a construção de novos postos.
Fernando Cândido, vice-presidente do SINDACS-AL usou a tribuna para reafirmar a importância do cumprimento da lei complementar que determina a prestação de contas, por parte da SMS. Afirmou ainda que muito tem que ser feito, pois para uma Prefeitura que quer ter como carro chefe a Saúde, e uma saúde que quer priorizar a atenção básica não pode esquecer os agentes comunitários e de endemias. Estes trabalhadores de fato pode com seu trabalho preventivo desobistruir e desafogar as unidades. Não há desenvolvimento social sem valorização dos profissionais. Queremos que parte dos recursos do programa de melhoria da dengue e do PMAQ sejam revertidos para os agentes. Fernando ainda cobrou do Secretário ações no combate a violência nas unidades e no trabalho dos Agentes no campo. Por fim, Fernando disse que entregou ao Presidente da Comissão de Saúde daquela casa, Vereador Antonio Holanda um relatório com todas as informações de como se deu o processo de efetivação dos Agentes em Maceió, pela razão de que não pode pairá nenhuma dúvida quanto a licitude do processo. Cândido ressaltou ainda conversou com o Presidente da Câmara, Francisco Holanda e pediu seu apoio no sentido de que relatório chegue as mãos do Prefeito Ruy Palmeira, porque ainda tem agentes aptos a serem efetivados, inclusive já foram certificados, no entanto não foram efetivados. O Presidente se comprometeu a ajudar.


Fonte: Sindacs-al Sindacs-al

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade