quinta-feira, 4 de julho de 2013

Rio Preto registra mais 549 casos de dengue em três dias


Ainda há 7.023 casos da doença em investigação pela Secretaria de Saúde de Rio Preto

                  

 
Em apenas três dias do mês de julho, Rio Preto confirmou mais 549 casos de dengue, de acordo com boletim diário divulgado pela Secretaria de Saúde. A cidade vive a segunda pior epidemia da história, com 13.637 infectados pela doença. As duas maiores epidemias foram registradas sob a gestão do prefeito Valdomiro Lopes (PSB). 

Nove pessoas já morreram pela dengue este ano, sendo que quatro mortes foram por dengue com complicações, três por síndrome do choque da dengue e duas por dengue hemorrágica. No total, já foram registrados 18 casos de dengue com complicações, nove hemorrágicas e os três de síndrome do choque que terminaram em morte. 

As pessoas que morreram são quatro idosos, uma criança de 9 anos, uma jovem de 20 anos, e três homens de 53, 54 e 38 anos. A síndrome do choque da dengue é a forma mais grave da doença e foi responsável pela morte da pequena Maria Eduarda Santos, 9 anos, do idoso Shigueki Suzuki, 78, e do idoso Luiz Joaquim de Siqueira, 63 anos. 

Mais 

Ainda há 7.023 casos da doença em investigação pela Secretaria de Saúde de Rio Preto. Desde o início do ano foram feitas 43.550 notificações da doença. O mês com maior número de confirmações da dengue foi maio, com 4.405 no total. 

Abril veio em segundo no ranking, com 4.274 infectados. Em junho e julho os números começaram a apresentar queda, mas somados ainda são superiores, por exemplo, do total de casos registrado nos 24 meses dos anos de 2011 e 2012. Ou seja, em um mês e três dias a cidade já confirmou mais casos que em dois anos anteriores.


diarioweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade