quarta-feira, 24 de julho de 2013

Servidores de Dias D’Ávila acampam em frente ao gabinete da prefeita


Categoria está em greve desde o inicio do mês. Servidores querem 7,7% de aumento
Apesar de ser uma das cidades mais prósperas da região, Dias D’Ávila está desde o dia 8 de julho sem oferecer, de forma completa, os serviços municipais.
É que os funcionários públicos do município entraram em greve desde o início do mês para pressionar a prefeitura para que dê um aumento de salário, que reclamam que já há algum tempo estão sem reajustes.
Servidores querem reajuste depois de 10 anos sem receber nenhum aumento de salário.
Servidores querem reajuste depois de 10 anos sem receber nenhum aumento de salário.
Foto: Reprodução
Preocupados com a demora no atendimento desta reivindicação, Servidores municipais de Dias D’Ávila resolveram acampar em frente ao gabinete da prefeita da cidade, Jussara Márcia.
A atitude é para forçar um diálogo sobre as reivindicações da categoria. Dentre as demandas está o reajuste de 7,7% para todos os servidores.
A pedido de aumento de 7,7% foi ignorado pela prefeitura, que só ofereceu 2,5%.
A pedido de aumento de 7,7% foi ignorado pela prefeitura, que só ofereceu 2,5%.
Em entrevista  ao Varela Notícias, o presidente da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras no Serviço Público Municipal do Estado da Bahia (Fettram), Bruno Cruz, explicou o drama do servidores de Dias D’Ávila: “A gestão passada durou oito anos no poder e não deu um aumento aos servidores. Muitos estão há dez anos sem reajuste dos salários; é muito sofrimento”, garante.
No último dia 18, os funcionários públicos da cidade fecharam a BA 093, em protesto ao reajuste de 2.5% oferecido pela Prefeitura. A manifestação causou grande engarrafamento na região.
Varela Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade