segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Prefeitura realiza ações compartilhadas semanais em Dourados

Combate à dengue é uma das atividades realizadas durante as ações compartilhas

A Prefeitura de Dourados através da Secretaria de Saúde realiza semanalmente Ações Compartilhadas nos bairros. A atividade envolve todos os órgãos de vigilância em saúde e as equipes das ESFs (Estratégias de Saúde da Família) que atuam nas unidades básicas. A intenção é aumentar a qualidade de vida da população, promovendo saúde e prevenindo contra doenças.
As ações são realizadas todas as quartas-feiras. A cada semana é selecionada a área de abrangência de atuação de uma ESF, para que gradativamente toda a cidade seja atendida.
“O principal objetivo é integrar os componentes de vigilância com a atenção primária, com a intenção de reforçar o atendimento à população voltado à prevenção de doenças, como determina o prefeito Murilo”, explicou o secretário de Saúde Sebastião Nogueira.
Segundo o diretor do Departamento de Vigilância em Saúde Eduardo Arteiro Marcondes, a estratégia já vem apresentando resultados positivos. Além da maior integração e aproximação dos profissionais do departamento com os que atendem nas unidades básicas de saúde, há uma melhora, sobretudo, dos índices de vigilância e da atenção básica.
“Temos melhorias em índices como os de combate à dengue, aumento na cobertura vacinal da população, ampliado a qualidade e quantidade no número de notificações de casos de várias doenças”, exemplificou Marcondes. Ele ainda destaca influencia nos índices gerais de qualidade de vida, como redução da mortalidade infantil e aumento na longevidade da população.
Participam das ações oito órgãos da Secretaria de Saúde: Vigilância Sanitária, CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), Núcleo de Imunização, Núcleo de Vigilância Epidemiológica, CRTH (Centro de Referência Municipal da Tuberculose e Hanseníase), Cerest (Centro Regional de Saúde do Trabalhador), Programa municipal de DST/AIDS e Estratégias de Saúde da Família.
Entre as atividades desenvolvidas estão as ações de prevenção, controle e identificação de doenças como dengue, leishmaniose, tuberculose, agravos resultados do trabalho, e outras.
Além de bloqueios químicos e mecânicos para evitar a proliferação de mosquitos transmissores, trabalho de segurança alimentar e de higiene ambiental nas visitas às casas, atualização da carteira vacinal da população, divulgação da importância do combate à Aids, e manutenção da estrutura física e de informática das unidades básicas de saúde.
A ação mais recente foi realizada no dia 21, na área de atendimento da Unidade Básica de Saúde CSU (Centro Social Urbano), no Jardim Água Boa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade