segunda-feira, 16 de setembro de 2013

AGENTES DE SAÚDE APRESENTAM REIVINDICAÇÕES PARA VEREADORES DA COMISSÃO DE SAÚDE



Os vereadores Paulo Siufi, Coringa e Chiquinho Telles, que compõem a Comissão Permanente de Saúde, reuniram-se na manhã desta quinta-feira (12) com um grupo de agentes municipais de saúde que apresentaram uma agenda de reivindicações para melhoria das atividades da categoria em Campo Grande.

Dentre as solicitações está o repasse integral no valor de R$ 950,00, conforme estipulado pelo Governo Federal. Atualmente a remuneração dos agentes da Referência A é de R$ 753,60. Segundo os agentes, o prefeito Alcides Bernal assinou o primeiro Decreto em maio deste ano elevando o valor para R$ 950,00, com base no aumento da produtividade do SUS. “Não queremos esse valor como produtividade do SUS, queremos que ele seja incorporado integralmente à remuneração”, afirmaram.

De acordo com José Antonio Rodrigues, que é agente de saúde há 15 anos a iniciativa já é seguida por cidades como Fortaleza-CE, Vitória-ES e no município sul-mato-grossense de Três Lagoas, que já fazem o repasse integral de R$ 950,00.

A criação de um Plano de Cargos e Carreira, assim como bonificação com base na qualificação profissional e o pagamento da insalubridade, também foram a tônica na reunião.

Outro pedido apresentado pelos agentes de saúde foi o fornecimento de filtro solar para proteção em horário de trabalho, o qual já é lei desde 2010, mas não foi cumprido ainda.

Segundo Paulo Siufi, presidente da Comissão Permanente de Saúde os agentes de saúde são obrigados a morar na região em que trabalham e sugeriu ainda que 10% das casas populares construídas pela EMHA sejam reservadas para os agentes de saúde que atuarem na região. “Muitos são obrigados a pagar aluguel e não podem mudar de casa, então temos que garantir a moradia para esses trabalhadores”, afirmou Siufi.

Por fim, os agentes solicitaram ainda que seja fornecido Vale Alimentação, para que cada agente possa comprar sua própria comida. “Hoje recebemos marmitex fornecida pela Prefeitura, que vem de muito longe e muitas vezes a comida já chega estragada”, afirmou José Antonio, que trabalha na região do Jardim Centenário.

“Vamos elaborar um Projeto piloto para ser apresentado à categoria durante a Audiência Pública que realizaremos nesta sexta-feira (13), às 15 horas, para discutir sobre a humanização da saúde. Vamos deliberar os pontos desse Projeto junto com a categoria e apresentaremos ele já na semana que vem para ser votado na Casa. Tenho certeza que esse Projeto tem apoio de todos os vereadores da Comissão de Saúde, inclusive dos vereadores Dr. Jamal e Elizeu Dionizio, que não puderam comparecer nesta reunião”, ressaltou Siufi.

Todas as reivindicações foram colhidas pelos parlamentares, que se comprometeram a elaborar uma Lei Municipal contemplando todos os benefícios solicitados pelos agentes municipais de saúde.

Paulline Carrilho
Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade