sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Prefeito não cumpre acordo e Agentes de Saúde e Endemias vão a Prefeitura; pode haver greve

Fonte: entreriosnoticias

Agentes de saúde e endemias de Entre Rios podem entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima quarta (19).

Nesta quinta(13) os agentes ficaram mobilizados em frente à sede do gabinete do Prefeito, na Prefeitura de Entre Rios, esperando uma oportunidade de se reunir com o prefeito Fernando Madeirol.

Os profissionais destacam que a greve poderá será deflagrada em resposta à falta de posicionamento do município em relação as reivindicações da classe e do não querer sentar na mesa para ouvir os agentes, por parte do gestor. Em outubro de 2013 o mesmo se comprometeu a sentar com a categoria, agora em janeiro. Segundo os agentes " janeiro chegou e passou e nada de conseguir essa reunião e então viermos aqui para a porta do gabinete".


Entre as reivindicações dos agentes temos:
- Falta de Médicos e Remédios nos postos;
- Falta de material e equipamentos de trabalho;
- Equiparação salarial dos Agentes de Endemias, que recebem 20% a menos dos que os agentes de Saúde.
- falta de posicionamento do município em relação à portaria número 260/2013 do Ministério da Saúde, que segundo a categoria, que destina o equivalente a R$ 950 para cada agente de saúde.



De acordo com o presidente do Sindicato local dos agentes, Vidoberto de Moraes "Uma prefeitura que o prefeito não tem mais agenda para atender na cidade, sua secretária liga mas não consegue falar com ele, uma Secretária de Saúde nunca sentou para se quer ouvir as reivindicação da nossa categoria, ai você ver a situação que Entre Rios está ”, afirma.

Segundo ainda ele "na epoca que precisava se reeleger, não passávamos por essa situação difícil, hoje fica evidente que ele não tem interesse nenhum, fica tipo "vou empurrar com a barriga até..."

O principal trabalho dos agentes de saúde e endemias é a prevenção de doenças, que pode vim futuramente causa mortes ou graves problemas a sociedade, tipo a dengue, graças ao trabalho deles hoje Entre Rios não tem risco de surto de dengue.

Segundo Vidoberto "Hoje procure saber que dia houve morte por desnutrimento em crianças no município, fica difícil saber isso graças ao trabalho do acompanhamento certo dos agentes, que visita de 7 a 10 famílias por dia"

Segundo uma Agente "Sofremos muito em nosso trabalho, não temos apoio municipal"

Após a mobilização o Prefeito marcou uma audiência com a categoria, pelo telefone, para a próxima quarta, dia 19, e segundo os agentes se durante a reunião, os profissionais não obtiveram um posicionamento satisfatório do município poderá haver a greve.
Veja o vídeo do momento que os agentes pedem para ver o Prefeito:

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade