sábado, 30 de agosto de 2014

Por determinação do TCU, Saúde terá que demitir agentes de saúde e de endemias

A medida atinge 176 ACS e 106 ACE, que foram contratados depois do prazo e terão seus contratos encerrados a partir de 18 de setembro


'Já recebemos a notificação do TCU e esperaremos até o prazo final para demitirmos todas essas pessoas, que é 18 de setembro', afirmou Marildes Ferreira - Foto GazetaMT
'Já recebemos a notificação do TCU e esperaremos até o prazo
 final para demitirmos todas essas pessoas, que é 18 de
setembro', afirmou Marildes Ferreira - Foto GazetaMT
O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou a exoneração de 176 Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e 130 Agentes de Endemias de Rondonópolis ainda durante a 1ª quinzena de setembro.
Marina Lara, presidente do Sindicato Regional Rondonopolitano de Agentes Comunitários de Saúde (SIRRACS), explicou que para o TCU os profissionais estão atuando, porém não passaram pelo processo seletivo, o que motivou o pedido de demissão dos profissionais.
Contudo a sindicalista argumentou que no caso dos ACSs, todos passaram pelo seletivo, mas que será encaminhado todos os documentos comprobatórios para o Tribunal. Contudo nem todos os agentes de endemias vivem a mesma realidade e terão que passar pelo exame.
Caso a situação não seja resolvida a município poderá deixar de receber alguns recursos do Governo Federal.

Um comentário:

  1. existe um detalhe nessa decisão do tribunal de contas, é que a mesma no é do tribunal de contas do estado é do tcu, tribunal de contas da união, sendo assim atinge todo o território nacional.

    ResponderExcluir

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade