quarta-feira, 29 de abril de 2015

Posto de saúde em Rio Doce Olinda-PE, está abandonado há um ano

No local, foi encontrado lixo hospitalar


Do FolhaPE

Um posto de saúde localizado na rua Quatorze, na 5ª etapa de Rio Doce, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, está abandonado há um ano. A denúncia foi realizada pelo vereador do município Arlindo Siqueira, junto com os vereadores da oposição, Riquinho, Jesuíno Araújo e Jorge Federal. Durante uma fiscalização que foi realizada na última quarta-feira (29), foi encontrado, no local, lixo hospitalar.


No posto, foram encontrados medicamentos, seringas, preservativos, exames de HIV, algodões sujos e luvas. A maioria do material estava fora da validade. Segundo o vereador, o local é utilizado como ponto de tráfico de drogas e prostituição. Na manhã desta quinta (30), o delegado Jorge Ferreira foi ao local para constatar as irregularidades. Segundo ele, o cenário era de total abandono. Portões e janelas foram arrombados e vários móveis foram levados do local.
Ainda segundo o delegado, o local precisa ser interditado imediatamente. Jorge Ferreira informou que será instaurado um inquérito policial contra a Prefeitura de Olinda para investigar o caso. Será apurado o dano ao patrimônio, a depredação e o crime contra a saúde pública. O delegado garantiu que realizará as ouvidas dos vereadores, dos moradores da área, de funcionários ligados ao posto e de pessoas ligadas a Secretaria de Saúde do município.
O delegado solicitou uma viatura da guarda municipal para fazer plantão no local até que o material fosse recolhido para incineração. Segundo a assessoria de imprensa da Saúde de Olinda, o material foi recolhido na tarde desta quinta por uma empresa terceirizada e já foi incinerado. Por meio de nota, a assessoria da Prefeitura de Olinda informou que a unidade de saúde foi fechada por questões estruturais. Segundo a assessoria, a população vem sendo atendida na Policlínica da 5ª Etapa de Rio Doce pela equipe da Unidade Saúde da Família.
A assessoria também informou que o local passará por uma recuperação estrutural, que está em fase de definição orçamentária para entrar em processo licitatório. Quanto aos remédios encontrados fora da unidade, a assessoria informou que a Secretaria de Saúde vai abrir sindicância administrativa, pois o descarte de medicamentos e de outros materiais deve ser feitos por meio de bombona.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade