quarta-feira, 8 de julho de 2015

Agentes de Saúde e Endemias de Salvador decidiram manter greve por tempo indeterminado


Agentes de saúde e endemias mantêm greve e agendam protestos na Câmara de Vereadores
Foto: Divulgação
Os agentes de saúde e endemias de Salvador decidiram manter a greve por tempo indeterminado em assembleia realizada na manhã de ontem (06), em frente à sede da Secretaria Municipal de Gestão (Semge). Após a assembleia cerca de 600 agentes promoveram um protesto no bairro dos Barris.
A greve da categoria foi deflagrada no dia 19 de junho. Os servidores reivindicam pelo piso salarial de R$ 1.014, que é o piso nacional da categoria. O salário-base atual é de R$ 692,08.
Além dos reajustes, os agentes reivindicam melhorias nas condições de trabalho, estrutura, além de gratificação por desempenho.
Protestos 
Nesta terça (07) e quarta-feira (08), às 13h, a categoria vai reivindicar o pagamento do piso nacional na Câmara de Vereadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade