terça-feira, 18 de agosto de 2015

Maribondo-AL: Servidores não aceitam propostas e a greve continua


Na manhã desta terça-feira,  18/08, foi realizada mais uma assembleia com os servidores da Saúde de Maribondo-AL. Em pauta as propostas que o prefeito fez ao sindicato da categoria numa reunião que aconteceu na manhã de ontem em seu gabinete. 
O prefeito Tonho do Eurico fez duas propostas  para pagar o mês de julho aos servidores:

Proposta 01
Pagamento em 07 vezes 
10% em agosto
10% em setembro
10% em outbro
10% em novembro
20% em janeiro
20% em fevereiro
20% em março

Proposta 02
Pagamento em 05 vezes
15% em setembro
15% em outubro
15% novembro
20% em dezembro
35% em janeiro

Quando as propostas foram apresentadas houve uma grande revolta dos servidores e todos demonstraram insatisfação. "Existe várias secretarias sem necessidades na cidade, criadas para favorece quem ajudou o prefeito no período de campanha, não aceito de forma nenhuma parcela o meu salário desta forma", esbravejou um servidor. Um ACE também destacou: "Existe um monte de funcionários contratados, demita-os e pague os efetivos".
Os servidores fizeram uma contraproposta que ainda será apresentada ao gestor e prometeram fazer um ato público no dia 24 de agosto, Emancipação política da cidade, caso funcionários e prefeito não entrem em consenso.

Fonte: http://endemias-maribondo.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade