quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Agente da dengue é abusada sexualmente durante o trabalho em Cariacica

Vítima disse à polícia que foi fazer uma visita à casa do suspeito, que teria beijado ela à força, tocado em suas partes íntimas e colocado órgão genital para fora


Agente de saúde disse à polícia que foi violentada
pelo suspeito, que confessou o crime

Foto: TV Vitória
TV Vitória
Redação Folha Vitória

Uma agente da dengue sofreu um abuso sexual enquanto trabalhava, no início da tarde desta quarta-feira (21), em Cariacica. O suspeito, um rapaz de 19 anos, foi detido e confessou o crime. Ele foi autuado em flagrante por abuso sexual.

Segundo a polícia, a vítima disse que chegou à casa do suspeito, no bairro Prolar, por volta do meio-dia, e foi recebida por ele, que estava sozinho. O rapaz teria trancado a porta e começado a tirar a roupa dela, beijado a mulher à força, tocado em suas partes íntimas e colocado o órgão genital dele para fora, obrigando a vítima a tocá-lo.


A agente de saúde disse que se recusou a tocar nas partes íntimas do suspeito e que, por isso, ele a teria agredido e ameaçado.

"Ele queria fazer sexo, falou que era para eu ajoelhar. Ele queria me levar para dentro do quarto, falei que eu não queria e ele meteu um tapa no meu rosto. Apertou o meu pescoço e perguntou 'você não tem medo de morrer?', porque eu não quis ir para o quarto. Pensei que ele iria me matar, que estava armado. Na hora a gente pensa em um monte de coisa ruim", contou a vítima.

A polícia foi acionada e o rapaz foi levado para a Delegacia Regional de Cariacica. Segundo o delegado de plantão, o suspeito prestou depoimento e confessou os abusos.

Apesar de o resultado do exame feito pelo Departamento Médico Legal (DML) não ter sido conclusivo para a prática sexual, o delegado explicou que, pelos fatos relatados, já há a caracterização do abuso sexual. O suspeito foi levado para o Centro de Triagem de Viana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade