terça-feira, 12 de abril de 2016

Agentes de saúde e combate a endemias protestam na Secretaria de Saúde de BH

Trabalhadores ocuparam a antessala do secretário
de Saúde na manhã desta terça-feira
(foto: Sindibel/Divulgação)

Agentes de saúde e combate a endemias paralisaram as atividades novamente nesta terça-feira. Desta vez, a categoria protesta na Secretaria Municipal de Saúde, que fica na Avenida Afonso Pena, e parte deles ocupam a antessala do secretário. Ao final do ato, eles votam se entram ou não em greve. 

De acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte (Sindibel) a categoria reclama do não cumprimento da lei do piso salarial, instituição de plano de carreira, e das condições de trabalho dos servidores. Conforme a entidade, há falta de insumos e redução do número de profissionais, responsáveis pelo combate à dengue no dia a dia. Os agentes atuam no combate à dengue, zika e chikungunya.


O sindicato também alerta que há risco “de uma nova epidemia pela falta de equipamentos e redução das equipes de combate à leishmaniose, com o agravo de que o índice de mortalidade neste caso é bem maior que no caso de dengue”.

Segundo Israel Arimar, presidente do Sindibel, o ato público aconteceria na porta da secretaria, mas cerca de 50 servidores decidiram entrar no prédio para tentar um encontro com o secretário de Saúde. Ao final do protesto, haverá uma assembleia, onde a greve será votada.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade