quarta-feira, 11 de maio de 2016

Estado multiplica agentes em Vigilância de Saúde do Trabalhador

  • Palmas-TO

  • A capacitação é gratuita e tem como público alvo agentes que atuam em toda Região de Saúde Capim Dourado

Estado multiplica agentes em Vigilância de Saúde do Trabalhador
Josy Karla


Com foco na multiplicação dos agentes para defesa da saúde dos trabalhadores, a Escola Tocantinense do Sus (Etsus), em parceria com a Fiocruz, realiza durante toda esta semana em Palmas-TO mais um curso em Vigilância em Saúde do Trabalhador. A capacitação é gratuita e tem como público alvo agentes que atuam em toda Região de Saúde Capim Dourado.
A mestre em vigilância em saúde do trabalhador e monitora do curso, Gisele Akemi Carneiro, informou que a ação faz parte de um projeto nacional que visa aplicar os conhecimentos da vigilância em saúde do trabalhador em nível estadual e municipal e foi idealizado pela Fiocruz para ser aplicado em todo o país. "O Tocantins possui monitores multiplicadores para que todos os trabalhadores em vigilância tenham conhecimento técnico e jurídico para atuar nesta área", explicou, acrescentando que a partir do curso, os participantes estão aptos a focar a saúde do trabalhador e não somente no consumo e produtos, ou seja, o trabalhador que executa a produção dos produtos também devem ter sua saúde protegida.
Para o inspetor sanitário Silvio Chaves, deve haver uma quebra de paradigmas em relação a atuação dos agentes de vigilância. "É importante se consolidar as ações de prevenção em relação à saúde do trabalhador nos ambientes de trabalho de uma forma em geral. O foco são os fiscais da vigilância, mas os outros entes devem ter este conhecimento, principalmente porque os fiscais não devem inspecionar somente os ambientes passíveis de licenciamento sanitário, pois podemos atuar em outras empresas onde há trabalhadores com algum tipo de risco, como em agroindústria ou fazendas, por exemplo", enfatizou.
O curso já foi oferecido para três turmas na Capital, para as regiões de saúde, Ilha do Bananal e Sudeste, e em Araguaína. Para o segundo semestre deste ano está programada mais uma turma na região de saúde Médio Norte Araguaia.
A Região de Saúde Capim Dourado é composta por 14 municípios: Aparecida do Rio Negro, Fortaleza do Tabocão, Lagoa do Tocantins, Lajeado, Lizarda, Miracema, Miranorte, Novo Acordo. Palmas, Rio dos Bois, Rio Sono, Santa Tereza, São Félix e Tocantínia.

Fonte: http://www.ogirassol.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade