quarta-feira, 18 de maio de 2016

Teresina: Agentes de saúde protestam contra portaria do Ministerio da Saúde

Mais de 20 cidades do Piauí participam de ato no Centro da capital (Foto: Catarina Costa/G1)
Mais de 20 cidades do Piauí participam de ato no Centro
da capital (Foto: Catarina Costa/G1)
Portarias do Ministério da Saúde substituem agentes por enfermeiros.
Ato ocorreu na manhã desta quarta-feira (18) no Centro de Teresina.


Cerca de 300 agentes comunitários de saúde realizaram nesta quarta-feira (18) uma caminhada em protesto contra as portarias nº 959 e 958/2016 do Ministério da Saúde que preveem a substituição desses profissionais por técnicos de enfermagem. Além disso, a categoria protesta pela ausência de reajuste salarial. Hoje é considerado o dia D de mobilização nacional dos agentes de saúde.
"Nosso trabalho é essencial para o povo, porque somos nós que fazemos a saúde preventiva das pessoas, justamente para que elas não fiquem doentes. Diferente do técnico de enfermagem e médicos, que tratam dos enfemos e nas unidades de saúde", afirmou o presidente do sindicato dos agentes de saúde de Teresina, Antônio Jorge.
Mais de 300 manifestantes pedem reajuste salarial (Foto: Catarina Costa/G1)Mais de 300 manifestantes pedem reajuste
salarial (Foto: Catarina Costa/G1)
O agente de endemias Sebastião Sandes tem 21 anos de profissão e lamentou a possível extinção do cargo por causa das portarias.
“É lamentável esta situação. Tanto tempo de trabalho recebendo R$ 1 .014 há dois anos, sem nenhuma garantia do governo e condição de trabalho. Um fardamento que deveria ser trocado todo ano, só dão um novo quando rasga. Muitos profissionais não tem a bota e estão indo trabalhar de tênis, que não é adequado”, lamentou.

No estado há oito mil agentes comunitários sendo 2.017 em Teresina. Os agentes se concentraram na Igreja São Benedito e saíram em passeata pela Avenida Frei Serafim. A via ficou fechada por algumas horas. Agentes da  Strans acompanharam o ato e fizeram desvios para os motoristas. O trânsito na região ficou complicado.

O presidente da categoria revelou que em agentes de 20 cidades do Piauí participam do protesto. No estado há 8 mil sendo 2.017 em Teresina.


Do G1 PI



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade