quinta-feira, 30 de junho de 2016

Servidores da saúde de Leverger reclamam que não recebem adicional

De acordo com informações dos ACS de Leverger, como também, dos dados bancários, o valor de R$ 33.600,00 foi depositado na conta da Prefeitura de Santo Antônio de Leverger, para repassar aos ACS, no dia 18 de março de 2016, mas até dia 25 de junho de 2016, nenhum real tinha sido repassado para os profissionais

Servidores da saúde de Leverger reclamam que não recebem adicional
Servidores da saúde de Leverger reclamam que não recebem adicional. Cerca de dez representantes dos 42 Agentes Comunitários de Saúde (ACS) de Santo Antônio de Leverger, estiveram durante o mês de junho, buscando apoio dos vereadores para receber da Prefeitura, os benefícios em atraso, concedido pelo Governo estadual.


No início do ano de 2016, o governador Pedro Taques (PSDB) concedeu um benefício de R$ 800,00 a cada ACS, como forma de estímulo e reconhecimento pelo trabalho prestado pela categoria, no combate ao mosquito aedes aegypti, que transmite as doenças da Dengue, Chikungunya e a Zica. De acordo com informações dos ACS de Leverger, como também, dos dados bancários, o valor de R$ 33.600,00 foi depositado na conta da Prefeitura de Santo Antônio de Leverger, para repassar aos ACS, no dia 18 de março de 2016, mas até dia 25 de junho de 2016, nenhum real tinha sido repassado para os profissionais.
Alguns representantes da categoria que estavam na Câmara Municipal, disseram que desde março, quando ficaram sabendo que o benefício estava na conta da Prefeitura, foram tentar receber, mas todos os meses ouvem a mesma coisa, “no final do mês está na conta”, seria a promessa do prefeito Valdir Castro Filho (PSD).
Desde março, abril, maio e junho, ouvindo a mesma coisa, os agentes buscaram apoio dos vereadores durante as sessões realizadas no mês de junho, quando mais uma mês ouviram do líder do prefeito na Câmara, vereador Sergio Potrich (PR) que este mês o repasse seria utilizado.
Uma ACS que pediu para não ser identificada, temendo represaria, disse que não acredita mais na realização deste pagamento. “Se o dinheiro estava na conta desde o mês de março, porque até o momento nenhum repasse foi realizado? A informação que nós temos, é que tem município que no mês de junho finaliza o repasse, com quatro parcelas de R$ 200,00 e em Santo Antônio, nem a primeira foi repassada, fica a questão, o que fizeram o nosso dinheiro? Nós sabemos que era apenas para fazer o pagamento do recurso que o governador Pedro Taques nos deu, agora fico imaginando se fizera isso com o nosso dinheiro, o que não estão fazendo com outras verbas”, questionou a agente que pediu para não ter a sua identidade revelada.
O vereador Sérgio Potriche garantiu que deste mês não passa, porque o prefeito teria dado a palavra para ele que iria fazer o pagamento. “Podem confiar, se o prefeito não pagar terá um problema comigo, porque eu estou falando com vocês”, declarou Potriche. 

Fonte:http://www.24horasnews.com.br/


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade