quinta-feira, 14 de julho de 2016

Agentes de saúde e de controle de endemias fazem protesto nesta quinta-feira em São Mateus


Os agentes comunitários de saúde (ACS) e de controle de endemias (ACE) de São Mateus, no norte do Estado, fizeram um protesto na manhã desta quinta-feira (14) cobrando do prefeito do município, o Amadeu Boroto (PSB) respeito com a saúde preventiva. Os profissionais estão em greve há quase de dois meses.

Os servidores alegam que a prefeitura vem descumprindo o Acordo Coletivo e da categoria e decisões judiciais que asseguram direitos elementares das categorias.


Os trabalhadores também denunciaram o assedio moral e a perseguição política por parte da administração municipal. Além de não atender às reivindicações dos trabalhadores, a prefeitura ainda cortou o salário dos profissionais.

A greve dos servidores de São Mateus vem sendo marcada por uma série de protestos dos profissionais. Em uma das atividades, os ACSs e os ACEs chegaram a ocupar a sede da prefeitura até que fossem recebidos por algum membro da administração para debaterem a situação das categorias.

Além da assinatura do acordo coletivo, os servidores também cobram o pagamento do incentivo adicional de 2015.

Durante o ato público os trabalhadores caminharam pelas ruas do Centro do município e finalizaram o protesto servindo um “sopão” em frente à prefeitura. Como alguns servidores estão passando por dificuldades pelo corte dos salários, o Sindicato dos Trabalhadores da Saúde do Estado (Sindsaúde-ES) fez uma ação entre amigos para arrecadar alimentos.

A administração municipal chegou a acionar a Justiça para colocar fim à greve, mas o judiciário reconheceu a legalidade do movimento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade