quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Sistema informatizado de saúde chega aos agentes comunitários

Os agentes comunitários de saúde (ACS) de Venâncio Aires estão sendo integrados ao sistema informatizado de dados da rede pública de saúde do município. Conforme a Secretaria

Foto: Daniela Ruppenthal / AI Prefeitura.

Municipal da Saúde, as fichas preenchidas manualmente em papel estão sendo substituídas por tablets, distribuídos a cada profissional da área. O método informatizado já é realidade para o grupo de agentes que atua no posto de Equipe de Saúde da Família (ESF) do bairro Santa Tecla. Ao longo dos próximos meses, o equipamento estará disponível para todos os 54 ACS do município.
As primeiras semanas de uso do tablet foram discutidas em reunião na sexta-feira, 19, no ESF Santa Tecla. A chegada do equipamento foi bem recebida pelo grupo que atua no local, já que permite a integração imediata das informações coletadas em cada visita domiciliar ao banco de dados da Secretaria Municipal da Saúde. Antes deste recurso, os questionários eram preenchidos em folhas de papel e transcritos manualmente para os computadores. A novidade vai atingir também aos agentes que atuam nas ESFs Macedo, Caic, Tabalar, Gressler e Mariante, bem como aos profissionais que atuam em áreas não abrangidas pelas equipes de saúde da família.
Os tablets dispõem de cadastro individual dos pacientes, questionário aos usuários da rede pública de saúde, com informações individuais, sociodemográficas e sobre os imóveis em que residem. O sistema permite o preenchimento de ficha completa de visita domiciliar, que visa ao acompanhamento especial quanto à situação de saúde em casos de hipertensos, diabéticos, asma, hanseníase, tuberculose, desnutrição, gestantes, recém-nascidos, câncer, uso de álcool ou drogas, entre outras informações.
Conforme o servidor público municipal responsável pela implantação, Selso Luís da Rosa, os dados processados pelos ACS nos tablets são transmitidos diretamente ao sistema informatizado da rede pública de saúde de Venâncio Aires. O advento permite que os profissionais, em cada unidade de saúde, possuam um diagnóstico cada vez mais completo e preciso, com informações esmiuçadas sobre as condições de saúde e moradia do paciente e seu histórico de atendimentos. Este diagnóstico busca propiciar um atendimento mais específico e preciso às necessidades de cada usuário da rede de saúde.
Segundo Rosa, o uso dos tablets é mais um passo na informatização total do sistema de saúde do município. Ele destaca que todas as unidades de saúde, inclusive do interior, já estão interligadas no sistema próprio de gestão da pasta. O servidor frisa que o último passo é a implantação integral do prontuário médico eletrônico, que já está disponível nas UPA, em todos os postos do tipo ESF e nas unidades de saúde de Centro Linha Brasil, Vila Deodoro e Vila Teresinha.
SAIBA MAIS
Os agentes comunitários de saúde são moradores das comunidades que atendem, sendo os responsáveis pelo diagnóstico inicial das demandas de saúde de cada região. Sua ação, através de visitas domiciliares, busca encontrar soluções para famílias afetadas por problemas causados por situações como moradia com problemas de saneamento básico, exclusão social, violência intrafamiliar e uso de drogas.
Já a implantação do atendimento com o uso de tablets faz Venâncio Aires aderir cada vez mais ao e-SUS AB (sigla para Atenção Básica), cumprindo exigência do Ministério da Saúde. O programa objetiva reestruturar os sistemas de informação de saúde e ampliar a atenção básica à população, oferecendo atendimento mais qualificado e prevenindo doenças através de um amplo leque de informações disponibilizadas aos profissionais que atendem na rede pública de saúde em cada município.

Fonte:http://www.folhadomate.com/


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade