quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Em Olinda, moradores recebem agentes de saúde em ação contra a dengue


Os agentes de saúde enfrentaram pouca ou quase nenhuma resistência da população. / Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Os agentes de saúde enfrentaram pouca ou
quase nenhuma resistência da população.
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
JC Online
A Vigilância Ambiental de Olinda realiza, durante toda esta quinta-feira (2), uma ação para fiscalizar possíveis focos do Aedes aegypti e orientar sobre os cuidados para evitá-lo nas casas do Alto da Bondade. Além da prevenção contra a dengue, também foi realizada vacinação de animais domésticos contra a raiva e a distribuição de informativos sobre a esquistossomose - também conhecida como doença do caramujo.

De acordo com a coordenadora da Divisão de vetores do Centro de Vigilância Ambiental de Olinda (Cevao), Diana Santana, este tipo de ação é realizada a cada dois meses. Olinda tem cerca de 187 mil imóveis e, neste momento, a meta dos agentes meta é visitar e inspecionar, no mínimo, 80% deles antes do Carnaval. “Além de cobrir áreas que não tem um posto de saúde fixo, essa primeira ação tem como objetivo, limpar a cidade antes do Carnaval. O Alto da Bondade não é um foco de folia mas encontramos turistas e visitantes aqui, e essas pessoas precisam ser orientadas para evitar o surgimento do mosquito que é vetor de transmissão das arboviroses”.

O mutirão visitou aproximadamente 2.400 casas do Alto da Bondade, isso corresponde a cerca de 20 mil pessoas acobertadas. Em sua maioria, os moradores não se opuseram a entrada dos agentes. “Eles encontraram umas larvinhas aqui, não é? Agora a gente vai tomar mais cuidado, principalmente por causa das crianças”, conta o auxiliar de projetos, Nildo Pereira.

Na residência da comerciante Girlany Barbosa, que mora no local desde que nasceu, há 35 anos, foram encontrados focos do mosquito em pneus que não estavam guardados de maneira correta. “O pior é que eu estou sempre de olho nisso, sabe? Mas acabou passando despercebido”, comenta a dona da casa.

Durante a manhã, foram imunizados contra a raiva, cerca de 30 cães e gatos do bairro. “A gente só não imunizou mais por questões de logística mesmo, mas a campanha nacional vem aí e todos os animais poderão ser imunizados”, continua Diana Santana. Além da vacinação dos animais, a população ainda recebeu orientações sobre a esquistossomose.
Ações futuras

A próxima ação ainda não tem data e nem o local certo para acontecer, mas com certeza será realizada em outros bairros, como Águas Compridas, Aguazinha e Alto do Sol Nascente até antes do início do feriado de Carnaval. “Vamos sentar e analisar os resultados do que foi feito aqui no Alto da Bondade hoje e a partir daí é que vamos para outro local”, finaliza a coordenadora da Cevao.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade