quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Prefeitura de Cariacica alerta para falsos agentes de saúde atuando no município

O alerta é em virtude da invasão de vândalos ao Centro de Controle de Zoonoses, que furtaram, dentre outros materiais, uniformes de agentes legalizados


Foto: Lucas Calazans
Foram roubados uniformes de agentes de endemias,
supervisores e jalecos de veterinário
Fotos: Lucas Calazans
A Prefeitura Municipal de Cariacica (PMC) divulgou a informação de que falsos agentes da área da saúde ambiental podem atuar no município. O alerta é em virtude da invasão de vândalos ao Centro de Controle de Zoonoses, que furtaram, dentre outros materiais, uniformes de agentes legalizados, na última quinta-feira (09).

Para que o munícipe não seja pego de surpresa, a prefeitura pede para que as pessoas não recebam em suas casas pessoas que se identifiquem como agentes, mesmo que estejam uniformizados, e ressalta que, no momento, o serviço realizado por esses profissionais legalizados está suspenso em todo o município.




Foto: Lucas Calazans
Os criminosos também levaram bolsas dos
 profissionais com brasão da Prefeitura
Como uma medida de segurança, a prefeitura está providenciando uniformes com um novo modelo para a equipe do CCZ. A prefeitura pede ainda que as pessoas colaborem em manter seus quintais e casas limpos e livres do focos do mosquito Aedes aegypti. "Caso um falso agente tente entrar em sua residência, ligue imediatamente para a Polícia Militar, por meio do telefone 190", informa a prefeitura.

Ainda de acordo com a prefeitura, o o serviço de fumacê continua normalmente no município, com motos e carros fumacês atendendo a todos os bairros, de acordo com o cronograma seguido pelo CCZ.

O furto

Dois veículos do Centro de Controle de Zoonoses de Cariacica (CCZ), em Jardim Campo Grande, foram incendiados em uma ação de vandalismo na semana passada. O CCZ ainda foi alvo de furto e depredação. Na ação, os invasores levaram também os uniformes dos agentes de endemias e dos supervisores, jalecos dos veterinários, além das bolsas amarelas usadas pelos profissionais com o brasão da Prefeitura.

Sem condições de uso

Durante a invasão, os criminosos incendiaram a sede administrativa do Centro de Zoonoses, o Centro Cirúrgico, o caminhão usado para recolher cavalos e a caminhonete de recolhimento de cães, gatos e animais de pequeno porte, que ficaram sem condições de uso. Eles ainda lançaram um automóvel pick up contra o muro do CCZ, abrindo um buraco e destruindo a estrutura do local.

Deste modo, estão suspensos os serviços de cirurgias de castração de animais, vacinação anti-rábica, visitas domiciliares de agentes de endemias, recolhimento de animais de grande porte e o de cães e gatos doentes ou atropelados.


Fonte:http://www.folhavitoria.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade