terça-feira, 30 de maio de 2017

Agentes comunitários de saúde participam de capacitação


Capacitação-Agentes-Comunitários-Divulgação-01.jpg
Foto: Divulgação / Decom
Escrito por: Rádio Hulha Negra

A Prefeitura de Criciúma, por meio da Secretaria de Saúde, em parceria com a Associação Amor à Vida (Amovi), iniciou nesta terça-feira (30), um ciclo de palestras do projeto “Capacitando Agentes Comunitários de Saúde – Amovi”. O evento reuniu 180 Agentes Comunitários de Saúde (ACS) das cidades de Criciúma, Içara e Balneário Rincão. Realizado no auditório Ruy Hülse, na Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), o encontro teve como tema “Mitos e verdades” e contou com palestras do mastologista Erik Paul Winnikow, da psicóloga Janir Faraco e da nutricionista Cleonice Topanotti.

Conforme a secretária municipal de Saúde, Francielle Lazzarin Gava, a capacitação dará maior suporte no atendimento às pessoas que são acometidas pelo câncer. “Os agentes comunitários são peças fundamentais no atendimento em saúde, e capacitá-los é apenas uma parte do reconhecimento que a Administração Municipal tem, permitindo que seu trabalho seja mais positivo nas ações do dia-a-dia. Queremos que a população veja qualidade no atendimento prestado por esses profissionais, além de transformar as práticas dos colaboradores baseada na reflexão crítica sobre as práticas reais, dando eficácia ao trabalho prestado nas comunidades”, comenta.

Os ciclos de palestras que iniciaram nesta terça-feira seguem até o mês de setembro, com encontros mensais e profissionais divididos em pequenos números. O último encontro será realizado no dia 21 de setembro. Durante os eventos, os profissionais de saúde serão qualificados sobre os direitos da pessoa com câncer e prevenção ao câncer.

Para a presidente da Amovi, Vera Lúcia Duarte, como os agentes de saúde são os profissionais que têm contato com os moradores, pois percorrem inúmeras residências, eles devem estar preparados para levar orientações sobre diversas doenças, entre elas o câncer. “Um agente de saúde bem preparado estabelece relações de confiança com a comunidade, criando vínculo, fornecendo acolhimento e necessidade, através de um atendimento humanizado. Por isso é necessário que esses profissionais estejam capacitados nos vários âmbitos da saúde, incluindo nas causas do câncer, onde é necessário que eles atualizem sempre seus conhecimentos”, destaca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade