segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Contra a febre amarela, visita de agentes de saúde é ampliada na zona rural de Itaúna


Combate à febre amarela ganha reforço em Itaúna, que tem dois casos suspeitos da doença (Foto: Reprodução/JN)
Combate à febre amarela ganha reforço em Itaúna, que tem
 dois casos suspeitos da doença (Foto: Reprodução/JN)
Por G1 Centro-Oeste de Minas

O trabalho de agentes de saúde no combate à febre amarela foi ampliado para todos os bairros rurais de Itaúna nesta segunda-feira (22). A Secretaria Municipal de Saúde espera, assim, garantir que a cobertura vacinal supere os 84% de abrangência registrados até a última sexta-feira (19).

Na cidade, há dois casos suspeitos da doença, de acordo com o último levantamento da Secretaria de Estado de Saúde, divulgado no dia 17 de janeiro. Também estão em investigação no Centro-Oeste de Minas, um caso suspeito em Estrela do Indaiá e outro em Carmo da Mata- município que teve confirmada no dia 9 de janeiro uma morte por febre amarela.
A secretaria também explica que a confirmação de uma morte de macaco por febre amarela na vizinha Itatiaiuçu elevou o alerta contra o vírus transmissor. Os macacos não transmitem a doença para humanos nem entre si (o que é feito pelo mosquito hospedeiro), mas são um indicador da presença da febre amarela em uma determinada localidade.

Alerta

Conforme a secretaria, estima-se que 13 mil moradores ainda não tenham sido imunizados contra a doença na cidade. Contudo, a parcela da população imunizada subiu 24 pontos percentuais desde que a vacinação foi reforçada no final de 2017.

Segundo o Ministério da Saúde, a febre amarela circula no país, até o momento, em sua forma silvestre, por isso a preocupação de que a vacina contra o vírus seja reforçada especialmente junto a pessoas que morem próximo a áreas de mata.

A Secretaria de Saúde de Itaúna informou em nota que as visitas domiciliares dos agentes de controle de endemias em casas, comércios e fazendas são uma maneira de sensibilizar a população quanto à necessidade de prevenção.

Na semana passada, os agentes foram para as comunidades de Córrego do Soldado, Barragem, Lopes, Carneiros, Freitas, Pedras, Brejo Alegre e Vista Alegre, Cachoeirinha e Campos. As demais regiões começaram a receber os profissionais nesta segunda-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade