quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Ministro da Saúde libera R$ 66,3 milhões para combate às arboviroses e para área de oncologia em PE

Convênios assinados nesta quinta (20) garantem o repasse para ampliação do atendimento na rede básica, média e de alta complexidade do SUS.

Prefeitos de municípios de PE beneficiados com veículos de vigilância receberam a chave da caminhonete nesta quinta (20), no Recife — Foto: Thamires Oliveira/G1
Prefeitos de municípios de PE beneficiados com veículos
de vigilância receberam a chave da caminhonete nesta
quinta (20), no Recife — Foto: Thamires Oliveira/G1
Por G1 PE

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, anunciou, nesta quinta-feira (20), o repasse de R$ 66,3 milhões para a rede de atenção básica, média e de alta complexidade do Serviço Único de Saúde (SUS) em 34 municípios de Pernambuco. A maior parte desse valor é destinado para ampliar o atendimento a pacientes com câncer e outras patologias graves ou que precisam fazer hemodiálise.

Também foram entregues 18 veículos de vigilância no combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor das arboviroses dengue, zika e chincungunya, além de quatro furgões adaptados para o transporte de pessoas com deficiência.


As portarias que estabelecem o repasse da verba foram assinadas na manhã desta quinta-feira (20), durante cerimônia no Palácio do Campo das Princesas, no Centro do Recife. Além do ministro, estavam presentes o governador de Pernambuco, Paulo Camara, e os prefeitos dos municípios beneficiados.

Ampliação do SUS

Do total da verba anunciada, R$ 47 milhões são destinados para a ampliação dos atendimentos no estado. Desse valor, uma parcela única de R$ 19 milhões deve ser liberada ainda até o fim deste ano e os outros R$ 28 milhões passam a ser repassados anualmente pelo governo federal ao estado, para garantir a manutenção e qualidade desse atendimento.






















Quatro unidades referência no atendimento de pacientes da área de oncologia são beneficiados pela verba: o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), o Hospital do Câncer de Pernambuco (HCP) e o Real Hospital Português, todos no Recife, além do Hospital Dom Tomaz, em Petrolina, no Sertão.

“É um conjunto de ações e parcerias do governo de Pernambuco com o Governo Federal que vão garantir novos incrementos de serviços na oncologia e a expansão desse serviço em quatro unidades em Pernambuco, permitindo que os tratamentos possam ocorrer com uma gama maior de pessoas e melhorar cada vez mais a qualidade", afirmou o governador de Pernambuco, Paulo Camara.

Outra unidade que amplia o atendimento com o valor do repasse anual é o Hospital Santo Amaro Casa de Misericórdia do Recife, no Centro, que passa a realizar serviços de hemodiálise através do recebimento de R$ 12,4 milhões anuais.

O Ministro da Saúde, Gilberto Occhi, falou sobre a importância da interiorização do atendimento do SUS através do Hospital Dom Tomaz. "Já é grande o sofrimento de ter que fazer esses tratamentos e precisar fazer um deslocamento enorme é ainda mais complicado. Por isso esses investimentos são relevantes", disse.

Combate ao Aedes Aegypti

Com a chegada das chuvas e do verão, a possibilidade da formação de focos de criação e reprodução do mosquito Aedes Aegypti aumenta. Por conta dessa preocupação, o Ministério da Saúde entregou também, 18 caminhonetes para serem utilizadas na vigilância de combate ao mosquito transmissor de arboviroses em 17 municípios.

Os veículos devem ser utilizados para realizar fumacê e o transporte dos agentes de endemias em visitas domiciliares para orientação e prevenção.

“Em função do verão, das chuvas e do risco de criadouros do mosquito Aedes Aegypti, essa caminhonete é de uso exclusivo da vigilância sanitária. Então a busca é fazer um apoio para orientar a população juntamente com os agentes comunitários de saúde e agentes de endemias na área de saúde”, explicou Gilberto Occhi.

Os municípios beneficiados foram Primavera, Ipubi, Afrânio, Agrestina, Bom Conselho, Dormentes, Iati, Ilha de Itamaracá, Inajá, Lajedo, Ribeirão, Saloá, Santa Filomena, Serra Talhada, Buíque, Tupanatinga e Ouricuri, que receberá 2 veículos. Ao todo, o Ministério da Saúde investiu R$ 2,1 milhões na compra dos veículos.

Segundo o ministro, também foram entregues a todos os estados do Brasil repelentes para que as mães grávidas e as pessoas em grupos de risco possam se proteger do mosquito, como forma de prevenção.

Academias da Cidade

Outros R$ 4 milhões do investimento é destinado para a construção de 32 polos de Academias da Cidade, que garante infraestrutura e equipamentos adequados para a prática de atividades físicas gratuitamente para a população, além da presença de profissionais qualificados e a promoção da alimentação saldável nesses locais.

As novas academias devem ser construídas em 24 municípios do estado: Afrânio (2 unidades), Bom Conselho (1), Buique (1), Carnaiba (1), Dormentes (1), Cortes (1), Inaja (01), Passira (1), Iati (1), Ipubi (1), Itambe (3), Ouricuri (2), Santa Filomena (2), Garanhuns (1), Jupi (1), Quipapa (1), Feira Nova (1), Itaiba (1), Sanharo (2), São José do Egito (3), Águas Belas (1), Gravatá (1), Manari (1) e Tupanatinga (1).

“Nós precisamos orientar nossa população para uma boa alimentação, a prática de exercícios físicos, o combate ao consumo excessivo de açúcar, sal e gordura, e ao tabagismo. A construção dessas academias nos diversos municípios de Pernambuco vai proporcionar que aquela população que precisa desse tipo de atendimento possa ter um local adequado", disse o ministro.



Ajude-nos a manter este SITE e projeto, fazendo uma doação via PAYPAL ou PAGSEGURO

                          




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade