quinta-feira, 17 de julho de 2014

AGENTES DE SAÚDE DE SALVADOR FAZEM ASSEMBLEIA NA SMS PELA IMPLANTAÇÃO DO PISO NACIONAL DA CATEGORIA.


 

 

Agentes de saúde de Salvador realizaram uma assembleia na tarde desta terça-feira (15) em frente ao prédio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), no Comércio. Na pauta, estava o cumprimento imediato da Lei 12.994, que institui o piso nacional da categoria, em como o pagamento do Pasep, o estorno dos dias descontados indevidamente e questões envolvendo o BMG.

No tocante ao cumprimento da Lei 12.994, tanto a Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador - BA (AACES) quanto o Sindicato dos Servidores da Prefeitura do Salvador (Sindseps) foram enfáticos em defender a implantação imediata do piso, além da correção no Plano de Cargos e Vencimentos (PCV) desses profissionais. 

Quanto ao Pasep, o pagamento começou hoje, dia 15, para quem tem conta no Banco do Brasil e tenha o final 0 e 1 da inscrição no Pasep. Os demais servidores devem receber em agosto, na folha de pagamento, segundo informações da Semge. Foi explicado também que o estorno dos dias descontados já está sendo feito gradativamente, e o BMG já está resolvendo os problemas dos descontos duplos e equivocados.


A essa assembleia compareceram muitos agentes, entretanto, por causa da chuva, o quantitativo não foi tão expressivo assim, mas o suficiente para discutir as reivindicações da categoria. Durante as discussões, um grupinho tentou tumultuar, mas logo foi rechaçado pelos servidores, que compreenderam o espírito desagregador dessas pessoas.

É sabido de todos que a história da AACES é forjada na luta pelos direitos dos agentes de combate às endemias (ACEs) e dos comunitários de saúde (ACSs). Portanto, as investidas infundadas contra essa entidade só servem para que ela lute ainda mais em favor desses profissionais.

A associação ainda alerta a esses servidores para os boatos de acordos para a implantação do piso. Isso é mentira! A posição da AACES é clara e objetiva: implantação imediata do piso, sem tocar em um centavo das gratificações, além da correção no Plano de Cargos e Vencimentos (PCV) da categoria, segundo as diretrizes da Lei 12.994, de 17 de junho de 2014.

Como encaminhamento das discussões, em votação, foi deliberada uma nova assembleia, cuja data ainda será definida. Desse modo, companheiros, a luta continua! Todos por um e um por todos!

Fonte: AACES

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade