quarta-feira, 6 de julho de 2016

Polícia acha remédios desviados de posto de saúde em casa no Sul de RR

Quantidade de remédios encontrados ainda não foi contabilizada pela polícia (Foto: Divulgação/MP)
Quantidade exata de remédios encontrados ainda não
foi contabilizada pela polícia (Foto: Divulgação/MP)


Remédios foram achados São João da Baliza após denúncia anônima.
Quantidade de remédios apreendidos ainda não foi contabilizado.

Do G1 RR

Uma denúncia anônima levou o Ministério Público de Roraima a localizar medicamentos desviados do posto de saúde do município de São João da Baliza, no Sul do estado. Segundo o promotor de justiça Antônio Carlos Scheffer César, o material foi localizado em uma residência na tarde dessa terça-feira (5). Até o momento, ninguém foi preso.

De acordo com o promotor, o MP já havia sido informado acerca do furto de remédios do posto de saúde do município. No entanto, até receber a denúncia, não tinha informações sobre onde os remédios estariam.


"Já havíamos recebido a informação de que uma grande quantidade de medicamentos foi furtada do posto de saúde de Baliza", disse o promotor acrescentando que o furto ocorreu há cerca de um mês e que foi registrado por um Boletim de Ocorrência.



Caso será investigado pelo MP e pela Polícia Civil (Foto: Divulgação/MP)Caso será investigado pelo MP e pela Polícia Civil
(Foto: Divulgação/MP)
Com a denúncia recebida na terça, o MP solicitou que uma equipe da Polícia Civil fosse ao imóvel e em seguida solicitou um mando de busca e apreensão para entrar no local.

César contou que o imóvel não estava habitado e que ninguém foi preso em flagrante durante a ação policial.

O promotor não soube informar a quantidade exata de medicamentos apreendidos. "O material foi levado para a delegacia da Polícia Civil onde será feita a apreensão formal e depois será devolvido ao posto de saúde", esclareceu.

De acordo com o promotor, investigações continuarão sendo feitas pelo Ministério Público e pela Polícia Civil. "O proprietário da casa será notificado para prestar esclarecimentos ao MP e a investigação também continua na delegacia de polícia", disse o promotor.

O delegado de São João da Baliza João Luciano confirmou que os remédios estão sendo contabilizados pelos agentes da delegacia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade