quarta-feira, 19 de julho de 2017

Saúde avança modernizando o sistema de informatização nas UBSs da Zona Urbana e Rural de Penedo


Fonte: http://aquiacontece.com.br

Atendendo recomendação do Governo Federal para adotar o prontuário eletrônico nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), a Prefeitura de Penedo através de sua Secretaria Municipal de Saúde, adquiriu nesta segunda-feira, 17, mais setenta e quatro computadores e quarenta impressoras para modernizar o sistema de informatização e universalizar os dados dos pacientes para inseri-los numa plataforma digital, onde todos os serviços de saúde da cidade poderão acompanhar o histórico, os dados e o resultado de exames dos pacientes.

De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Pedro Madeiro, além de unificar os dados para o acompanhamento do paciente, é possível ainda verificar em tempo real a disponibilidade de medicamentos ou mesmo registrar as visitas dos agentes de saúde, melhorando o atendimento ao cidadão. Ainda de acordo com Pedro, a transmissão 100% digital dos dados da rede municipal à base nacional permite que o Ministério da Saúde verifique online como está sendo investido cada real do SUS.
Atualmente as Unidades Básicas de Saúde Jairo Leite, localizada na Lagoa do Oiteiro possui prontuário eletrônico, atendo as equipes do Raimundinho 9 e Oiteiro. Além dessas, contam com a integração das informações, as UBSs do Rosete Andrade e Loteamento Vitória. Com a chegada dos novos equipamentos será possível integrar outras Unidades, tanto na zona urbana quanto na zona rural do município.
Segundo a Coordenadora de Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Penedo, assistente social Monik Souza, a plataforma digital permite o acompanhamento do histórico médico do paciente em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), oferecendo ganho na qualidade e na gestão da Atenção Básica para o gestor, para os profissionais de saúde e para o cidadão.
“Com a integração do prontuário em outras UBSs, vamos permitir eficiência, transparência, economia, como na consulta a exames e na oferta de medicamentos, permitindo ainda que o cidadão seja mais um fiscal do Sistema Único de Saúde”, finalizou a Monik.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade