terça-feira, 14 de agosto de 2018

Representantes dos ACE e ACS estão em Brasília correndo contra o tempo pra sancionar a MP 827


Representantes dos ACS e ACE, do piauí e de outros estados do Brasil, se encontram em Brasília, aguardando o presidente Michel Temer sancionar a MP 827, que garante a todos agentes de saúde e agentes de Edemias do Brasil, o reajuste salarial, escalonada 1.250 primeiro de janeiro 2019, primeiro de janeiro 2020 1.400, primeiro de janeiro de 2021 1.550 . Do Piauí, estão o presidente da Federação dos acs e ace, Antonio Alves Campelo e o Jorge, presidente do sindast, sindicato dos agentes de saúde, de Teresina, essa categoria vem demonstrando união sempre, usando a frase, (a União faz a força e não desistimos nunca!)

AS informações da Conacs são de que o Presidente Michel Temer vetou o reajuste salarial dos agentes de saúde e Endemias.

Na razão para o veto, o presidente da República Michel Temer alegou que o aumento do piso é inconstitucional por não ter sido de iniciativa do Executivo Federal. Há também, segundo Temer, infração do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias e da Lei de Responsabilidade Fiscal, por criar despesa obrigatória sem nenhuma estimativa de impacto financeiro.





Ajude-nos a manter este SITE e projeto, fazendo uma doação via PAYPAL ou PAGSEGURO

                          



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade