segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Agentes de combate às endemias tomam posse em Santarém

Profissionais foram aprovados em concurso público realizado em 2012. Está prevista posse de mais agentes de endemias e saúde este ano.


                 Prefeito Alexandre Von e Agente de Endemias
                   Prefeito Alexandre Von e Agente de Endemias
O prefeito Alexandre Von empossou na manhã desta segunda-feira, 06/01, 35 Agentes de Combate a Endemias (ACE’s) – dos 37 nomeados dois não compareceram. A nomeação e posse são referentes ao Processo Seletivo Simplificado Público nº 001/2012, homologado pelo Decreto nº 194 de 16/08/2012, devidamente prorrogado por mais um ano, até o mês de agosto de 2014, a partir do Decreto 486/2013. Dos 37 nomeados, dois não compareceram (Aldenir Alves dos Santos e José Roberto Monteiro Campos). Eles têm até o dia 10/01 para tomarem posse. Participaram da solenidade, as secretárias Ana Macêdo (Administração), Valdenira Cunha (Saúde), o diretor da Divisão de Endemias da SESPA, João Portela, a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Conceição Menezes, e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde Pública, Onei Vasconcelos.
Os novos profissionais juntam-se aos 59 Agentes em exercício. Com isso, a Prefeitura finaliza a convocação dos candidatos classificados. Para completar as 120 vagas oferecidas no certame, o Governo chamará oportunamente os candidatos aprovados no cadastro de reserva. Desse modo, o Município passará a contar com os Agentes de Combate a Endemias no quadro efetivo do Município, lotados na Divisão de Vigilância em Saúde (DIVISA), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde.
O prefeito Alexandre Von destacou a importância do ingresso dos novos Agentes ao quadro do Município. De acordo com o prefeito, Santarém atende a preconização do Ministério da Saúde, em relação ao número de profissionais.
“O Ministério da Saúde preconiza um agente para cada 1000 imóveis. Na área urbana de Santarém nós temos catalogados, aproximadamente, 95 mil imóveis. Com 120 ACE’s, que nós vamos passar a contar a partir de janeiro, ficaremos com um número acima do preconizado e eu espero que isso se traduza em uma ação mais eficaz no combate as doenças que afligem nossa população, e não estou falando somente da dengue, mas de leptospirose e outras doenças provocadas por vetores e roedores no Município, disse o prefeito.
A presidente do Conselho Municipal de Saúde, Conceição Menezes, parabenizou o Governo no que diz respeito a decisão de continuar convocando candidatos aprovados e classificados no processo seletivo. Segundo Conceição esta é uma forma de garantir que o combate às endemias tenha continuidade.
O gestor santareno também lembrou a necessidade de voltar a estratégia de combate às endemias para a área rural, principalmente em locais com grande concentração populacional, a exemplo da vila de Curuai, na Região do Lago Grande, e comunidades da Região do Planalto, como Tabocal.
De acordo com a DIVISA, os novos agentes seguem em treinamento até 5ª feira, 09/01. Eles serão integrados a estratégia de combate à dengue e outras seis doenças endêmicas: malária, leishmaniose visceral, leishmaniose cutânea, leptospirose, hantavirose e doença de Chagas.
Fonte: RG 15/O Impacto e CCOM/PMS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade