quarta-feira, 27 de julho de 2016

Programa Sempre Vida capacita agentes de saúde de Campo Grande contra câncer de colo de útero e mama

600 agentes comunitários e 50 enfermeiros serão capacitados sobre a importância da prevenção do câncer de colo de útero e do câncer de mama

O câncer de mama é a segunda, e o de colo de útero a terceira causa de morte de mulheres e a incidência desses dois cânceres ainda é considerada muito alta pelo Ministério da Saúde em nossa região

POR: DA REDAÇÃO COM INFORMAÇÕES DA PREFEITURA DE CAMPO GRANDE
A Secretaria Municipal de Saúde Pública – SESAU, por meio da Área Técnica Saúde da Mulher e em parceria com o Instituto Oncoguia realiza nos meses de julho e agosto, em Campo Grande, capacitação de 600 agentes comunitários e 50 enfermeiros sobre a importância da prevenção do câncer de colo de útero e do câncer de mama.

O Instituto Oncoguia é uma associação sem fins lucrativos que tem como missão ajudar o paciente com câncer a viver melhor por meio de educação, conscientização, apoio e defesa dos direitos dos pacientes. Este é um projeto realizado com o apoio da American Cancer Society, organização sediada nos EUA dedicada a trabalhar para eliminar o câncer como um problema de saúde no mundo.


O câncer de mama é a segunda, e o de colo de útero a terceira causa de morte de mulheres e a incidência desses dois cânceres ainda é considerada muito alta pelo Ministério da Saúde em nossa região.

No Brasil são esperados 16.340 casos novos de câncer de colo de útero e 57.960 de câncer de mama no ano de 2016, desses, para Campo Grande são esperados 130 de câncer de colo de útero e 460 de câncer de mama.

Estes cânceres podem ser detectados em fases iniciais, em grande parte dos casos, aumentando as possibilidades de tratamento e cura, portanto a estratégia é a detecção precoce através dos exames citopatológicos do colo de útero (preventivo) em mulheres de 25 a 64 anos e a mamografia em mulheres de 50 a 69 anos.

Em 2015 foram registrados 24 óbitos de mulheres por câncer de colo de útero e 78 óbitos de mulheres por câncer de mama, na Capital.
Esta capacitação de enfermeiros e agentes comunitários de saúde fortalecerá as ações de prevenção dos cânceres, por meio de abordagem familiar e da comunidade com informações sobre as diferentes e necessárias formas de cuidado com a saúde, com foco na realização dos exames preventivos.

A soma de esforços é essencial para a redução dos casos de mortalidade e morbidade por esses cânceres em nosso município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade