sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Durante visitas, agentes de saúde cuidarão de doenças crônicas

Resultado de imagem para Imagens Ricardo Barros
Ministério da Saúde, comandado por Ricardo Barros,
amplia atuação de agentes de saúde

Publicação saiu na edição desta sexta-feira (22) do Diário Oficial da União
DA REDAÇÃO

Fonte:http://www.otempo.com.br

A partir deste sexta-feira (22), municípios brasileiros passam a decidir como direcionar a verba recebida pelo governo federal para atenção básica de saúde. Parte da verba destinada aos programas Estrategia da Saúde da Família (ESF) e Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS) poderá ser utilizada em outros programas. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta.


Há ainda outra mudança significativa, segundo o Ministério da Saúde. Agentes que combatem endemias podem cuidar de atendimentos de doenças crônicas durante visitas regulares. Os agentes são conhecidos por trabalhar na tentativa de barrar a proliferação do mosquito transmissor da dengue. Agora, ao vistar casas, eles também podem, por exemplo, medir glicemia.




















Para o governo federal, as mudanças melhoram o atendimento da população durante as visitas.

Segundo dados do Ministério da Saúde, o governo federal liberou R$ 11 bilhões para atenção básica de saúde. Os dados são de janeiro a agosto. Para Minas Gerais, segundo a pasta, a liberação no mesmo período foi de R$ 1,4 bilhão.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade