sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Brigadistas vão atuar nas empresas para controle de focos do Aedes aegypti

Empresas públicas e privadas participarão da ação, que faz parte do Plano de Enfrentamento às Arboviroses 2018, lançado pela Prefeitura do Recife


Aedes aegypti, transmissor das arboviroses
Aedes aegypti, transmissor das arbovirosesFoto: Divulgação
Por: Portal FolhaPE

A prefeitura da Cidade do Recife (PCR) lançou, na manhã desta sexta-feira (24), o Plano de Enfrentamento às Arboviroses 2018. Uma das estratégias será a Brigada contra as Arboviroses, que atuará nas empresas públicas e privadas na prevenção e controle do mosquito transmissor das doenças. O grupo de brigadistas será capacitado pelas equipes de Vigilância Ambiental. O último Levantamento Rápido do Índice de Infestação para Aedes aegypti (LIRAa), realizado no início deste mês, mostrou o resultado geral no Recife de 1,3%, e está entre os menores dos últimos 10 anos.


Entre as instituições que participarão da inciativa estão o Porto do Recife, ASA Indústria e Comércio, Multi Marcas Editoriais, Shopping Plazza, Hospital da Mulher do Recife, Colégio Fazer Crescer, Correios e Jucepe.

"A primeira ação é a de diagnóstico. Uma visita será realizada pelos nossos agentes e brigadistas, que são identificados pela instituição, para observar na empresa os locais de maior risco. Qualquer oportunidade para a proliferação do mosquito será identificada pelo nosso agente que é treinado para isso. Então, eles capacitam aquela equipe daquele local que, a partir desta primeira visita, vai poder repetir a ação de uma maneira muito sistemática, fazendo uma checagem”, diz o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia.
















De acordo com o prefeito Geraldo Júlio, esta ação visa melhorar a qualidade de vida das pessoas. "É um trabalho de todos nós recifenses e brasileiros. É o momento de unir todos contra o mosquito. Fevereiro, março e abril são os meses que mais nascem mosquitos e onde acontece o maior contágio destas doenças. Nós chegamos ao menor índice de infestação de mosquito dos últimos anos e precisamos manter isso", disse o prefeito.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade