segunda-feira, 28 de maio de 2018

Após determinação da justiça,Mais duas agentes de saúde são reintegradas à Prefeitura da Serra


Resultado de imagem para imagens da justiça
A Justiça do Trabalho determinou que mais duas Agentes de Combates a Endemias (ACEs) da Prefeitura Municipal da Serra (PMS) fossem readmitidas pela Secretaria de Saúde. Janaína Alves Araújo e Grasiela Nunes reiniciaram suas atividades na última sexta-feira (25).

O Sindicato dos Servidores da Saúde do Estado (Sindsaúde-ES), autor das ações, e a categoria comemoram mais um resultado positivo na luta em defesa dos trabalhadores do município. “Nossos esforços têm como objetivo comprovar que as demissões feitas pela prefeitura foram arbitrárias e injustas, sem nenhum tipo de aviso prévio”, aponta o diretor de Assuntos Municipais do Sindsaúde-ES, Jovânio Oliveira.


As agente foram afastadas em agosto do ano passado, quando 30 servidores foram demitidos ao mesmo tempo, sendo que 14 procuraram o Sindicato para exigir seus direitos e entraram com ações contra a Secretaria de Saúde da Serra.

Os profissionais foram chamados para uma reunião em que foram comunicados da demissão, sem justificativas ou processos administrativos. A prefeitura alegou apenas que não tinha interesse em mantê-los. Na época, os servidores fizeram exames médicos como de rotina mas, na verdade, eram demissionais.





















Com Janaína e Grasiela, somam nove servidoras reintegradas pela Justiça do Trabalho desde a demissão em massa realizada pelo secretário de Saúde, Benício Santos, comandado pelo prefeito Audifax Barcelos (Rede). Foram desligados 26 Agentes de Combate a Endemias (ACE) e quatro Agentes Comunitários de Saúde (ACS).

Audifax foi acusado de colocar a população do município em perigo, pois em função das áreas descobertas pela ausência dos trabalhadores, houve risco de aumento das epidemias, como dengue, zika, chikungunya, febre amarela e raiva animal.

Segundo o diretor do Sindsaúde-ES, Jovânio Barbosa de Oliveira, a entidade ainda espera conseguir novas reintegrações.

Outras servidoras reintegradas foram Joelísia Cardoso de Amaral, Irone Lima dos Reis, Eusimere Rangel Pinheiro, Marilda Monteiro Ribeiro, Patrícia Aprígio dos Santos Silva Oliveira, Jeani Tavares e Thalyta dos Santos Ridolfi.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade