quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Agentes de Saúde e Endemias de Aracaju realizam greve por tempo indeterminado


Depois de mais um dia de paralisação, depois de mais uma tentativa de se obter a proposta da prefeitura de Aracaju, depois de mais uma vez não se conseguir uma resposta satisfatória, os agentes comunitários de saúde e combate às endemias de Aracaju, decidiram em assembleia, realizada na frente do centro administrativo Aloísio Campos, entrar em greve por tempo indeterminado. Os agentes decidiram pela greve com base no fato de que mais uma vez a gestão municipal não apresentou sequer uma proposta para a categoria.

A manifestação teve início às 7:00 da manhã, aos poucos os agentes foram se aglomerando na frente da sede do poder executivo municipal, atingindo o pico de mais de 500 trabalhadores, com a abertura das falações ficou clara a insatisfação por parte dos agentes, a cada fala, a cada gesto era possível enxergar o quanto cada um que ali estava presente estava sofrendo com essa situação, a paralisação fez parte do "tiro de advertência", que foram 3 dias de com as atividades paralisadas.

Por conta do prazo legal a greve só terá início na terça-feira, 14, onde os trabalhadores irão se concentrar na frente da câmara de vereadores, onde irá ainda ser servida uma feijoada para marcar o início do movimento grevista, a ação terá início as 7:00h e contará também com uma grande caminhada pelas ruas do centro da capital Sergipana.

Do sacema.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Use comentários moderados sem ofensas ou palavrões, comentários ofensivos não serão publicados.

Publicidade